ICDF- Instituto de Cardiologia do Distrito Federal FUC- Fundação Universitária de Cardiologia
(61) 3403-5400
Marcação de Consultas/Exames
Tel: 0800-644-1044

A superintendente do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal-ICDF, Drª Núbia Welerson Vieira, participou de reunião da Câmara Técnica de Direito Sanitário – CTDS do Conselho Nacional de Secretários de Saúde- Conass nesta terça-feira (27/11). A superintendente foi convidada a ministrar palestra na Primeira mesa que tratava dos "Conceitos de Tecnologias em Saúde".

Participaram ainda da primeira mesa: Paula Suê- coordenadora das demandas estratégicas do SUS-CODES; Daniela Oliveira; Clarice Petramale - Fórum da Saúde do CNJ; Maria Ilca Moitinho-secretária executiva adjunta da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), Sadraque Oliveira Rios - Juiz do Tribunal de Justiça da Bahia.

Dra. Nubia palestrou sobre “O senso comum e as fake news em saúde”, destacando a diferença entre notícias falsas da saúde e as relacionadas a pesquisas científicas e como elas afetam a saúde das pessoas.

A temática que é atual, as Fake News ou ‘notícias falsas’ chegou até mesmo a área da saúde onde informações sem respaldo científico disseminam supostos tratamentos milagrosos para doenças graves como câncer; afirma que vacinas podem ser prejudiciais a saúde, gerando insegurança e possibilitando o retorno de doenças já erradicadas no país, ou seja um desserviço a população.

Essas notícias têm se espalhado com frequência pelas redes sociais e aplicativos de mensagens e estão causando muita preocupação a autoridades sanitárias e médicos em todo o mundo. Mais do que afetarem apenas o indivíduo que acredita nelas, têm a possibilidade de virarem um problema de saúde pública.

Para Drª Nubia, discutir essa temática é muito importante, pois conscientiza a população a buscar referências de um profissional ou a confirmação de uma informação a que teve acesso antes de toma-la como verdade.

A superintendente lembrou que em consequência da má informação, foram identificados casos recentes de retomada de doenças que já não eram registradas de maneira significativa havia tempo no país e que os profissionais de saúde precisam esclarecer a população. 

Serviços:

O Ministério da Saúde, atento à importância de esclarecer fake news sobre o tema, criou o canal Saúde Sem Fake News, em agosto de 2018 – um canal exclusivo com a população. Disponibilizou um número de WhatsApp, um espaço para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira. O número do serviço pelo ministério é 61-99289-4640.

Por Rafaela Mendes - DRT/DF 014748
Revisão Anna Virgínia Souza - DRT/DF 8989

Com informações do jornal Metrópoles 

 

Mais informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação - ICDF
61. 3403-5496/559